Matrículas Abertas! | C.O.T.E - Guardiões do Fogo

Resgate em Altura em Ambientes Diversos

Valor: R$1.350,00. Forma de Pagamento: Entrada de 30% do valor total e o restante parcelado em até 3x no Cartão ou em 2x no Boleto. Oferta Promocional: R$1.299,00 à vista. Período: Integral. Horário: 08:00 às 17:00. Aulas: Final de Semana. Duração: 5 dias. Carga Horária: 40 horas.
Resgate em Altura em Ambientes Diversos

Horário e Local

Matrículas Abertas!
C.O.T.E - Guardiões do Fogo, Rua Sebastião Humel, 412 - Centro, São José dos Campos - São Paulo, 12210-200, Brasil

Sobre o Curso

Um curso inovador e nunca visto no mercado, desenvolvido por nós da COTE - Guardiões do Fogo e por profissionais com anos de experiência na área de resgate!

Se você busca se especializar na área de resgate, aprender técnicas e procedimentos de segurança para operações de resgate em altura em ambientes diversos. Esse curso é feito para você!

Pré-Requisitos

✓ Ter comprovação de formação em curso básico em técnicas verticais e aplicações de nós.

✓ Apresentar exame médico comprovando estar apto para atividades físicas e em altura.

✓ Preenchimento e apresentação do termo de ciência de cuidados, responsabilidades e regras do curso.

✓ Ter feito inscrição oficial com pagamento da taxa de matricula (sem devolução) e definido forma de pagamento.

Itens Necessários e de Responsábilidade do Participante

Kit de Equipamentos Individuais:

➢ Saco de dormir.

➢ Manta térmica (preferível).

➢ Barraca (preferível).

➢ Cantil ou mochila de hidratação e/ou squeeze.

➢ Dois cordeletes de 6mm de 70cm de Poliamida (padrão corda semi-estática).

➢ 1 cordelete de 4mm de 2,90m de Poliamida (padrão corda semi-estática).

➢ Capacete classe A nível III.

➢ Luva Individual.

➢ Cadeirinha Nível II, caso tenha para uso pessoal.

Kit de Higiene Pessoal:

➢ Sabonete.

➢ Pasta e escova de dente.

➢ Desodorante.

➢ Toalha de banho.

Kit de Limpeza e Organização:

➢ Sacolas plásticas para recolhimento de resíduos e armazenamento de roupa suja.

Roupas Pessoais:

➢ Levar roupa intima extra (ex: cueca, meias, etc...).

➢ Roupa para dormir.

➢ Roupas para o curso nos dias na Falésias: De preferência, calças e camisas de malha leve de secagem rápida, cobertura para proteção do sol (ex: boné), bota de cano médio ou alto desejável impermeável.

➢ Roupas mínimas para todos os dias de curso: Calças de tecidos tipo rip stop, brim, brim pesado, algodão com poliéster, camisas de algodão, poliéster, dry soft proteção UV.

Obs: Não será permitido durante o curso o uso de camisas cavadas, transparentes, de botão fechamento peitoral, bermuda, shorts, saia, vestido, tope, calça de academia, sandália, tênis esportivo. Enfim, nada que não tenha sido pré-estipulado.

Informações IMPORTANTES

Proibido:

➢ Uso de adornos.

➢ Celulares sem prévia permissão do instrutor.

➢ Bebidas alcoólicas.

➢ Uso de drogas.

Alimentação:

➢ Atividades na Escola COTE (2 dias): É por conta de cada aluno providenciar seu almoço tendo locais próximos a escola.

➢ Atividades na Falésia (2 dias): Levar alimentação para café da manhã, almoço, lanche da tarde e janta (janta será planejada na casa base onde ficaram hospedados) tendo geladeira e fogão.

➢ Levar kit: Garfo, faca, colher, caneca ou garrafa (plástico ou metal), prato (plástico ou metal) e lavar seus próprios itens.

Obs: A janta na casa base nas Falésias, iremos definir distribuição de itens a ser levado em conjunto para janta comunitário.

➢ Taxa de Utilização da Falésia: R$10,00 por pessoa (Pagamento por conta do participante).

➢ Atividades na Work Fire: Café da manhã e almoço inclusos.

 

Ficha Técnica dos Instrutores

Nome Completo: Fabiano Corrêa Batista.

Currículo: Formado em Alpinista Industrial, Resgate em Altura e Espaço Confinado, Instrutor de NR 35, Supervisor de Espaço Confinado, Resgate em Áreas Remotas, Curso de Nós e Amarrações, Escalada Básica, Rapel.

Experiências: A 21 anos já tendo atuado na área de Alpinismo Industrial, Resgatista Industrial, Resgate em Ambiente Natural, Bombeiro Civil, Socorrista, Rapel Esportivo, Escalada Esportiva, Resgate em Água Branca (Corredeira).

Nome Completo: Edson Rodolfo de Araujo.

Currículo: Bombeiro Militar com Especialização em Resgate, Emergências Médicas, Salvamento em Altura e eleito o Bombeiro Policial destaque em algumas Operações de Resgate e Salvamento no atendimento à ocorrências.

Experiências: A 17 anos já atuando como Bombeiro Militar e tendo trabalhado em diversas operações de resgate pelo Brasil, como exemplo atualmente no deslizamento de barragens em Campos do Jordão e Santos, entre outras ocorrências.

Nome Completo: Luiz Milan.

Currículo: Bombeiro Civil, Alpinista Industrial, Socorrista, com vasta experiência nas áreas com certificações nacionais e internacionais.

Experiências: Experiente em diversos trabalhos prediais e edifícios, trabalhando como Alpinista Industrial na ponte estaiada na grande São Paulo. Escalador e Montanhista desde 2006, que resolveu se dedicar a trabalhar com esporte de aventura, ministrar cursos de escalada, treinamentos verticais e guia de montanhas.

Documentos Necessários para Matrícula:

RG e CPF.

Comprovante de Endereço.

1 Foto 3x4.

Atestado Médico (Simples).

Itens Inclusos:

Material Didático.

Certificado e Breve Personalizado.

Transportes para as Falésias e Work Fire.

Conteúdo Programático

1º e 2º dia (Escola - COTE):

Aula Teórica:

✓ Introdução e objetivos.

✓ Tipos de atividades em altura.

✓ História do acesso por corda no mundo e no Brasil.

✓ Conhecimento técnico sobre cabos.

✓ Termos e definições.

✓ Normas internacionais, normas regulamentadoras oficiais brasileiras aplicáveis.

✓ Princípios de segurança de uma operação de resgate.

✓ Identificação dos riscos associados a uma operação de resgate.

✓ Avaliação de risco e benefícios em uma operação de resgate.

✓ Bibliografia.

Aula Prática:

✓ Apresentação de Equipamentos.

✓ Apresentação da tabela e confecção de 16 nós (laçadas e voltas).

✓ Apresentação de variações de sistemas de ancoragem e confecção.

✓ Desafio prático de montagem de um sistema resgate rápido (recursos; 1 corda e 1 mosquetão D assimétrico), a ideia é pensar em ambiente natural em uma situação não prevista e pouco recurso.

✓ Prática de nós, montagem de sistemas de ancoragem e aplicação de sistemas de redução 2x1, 3x1, 4x1 e sistema em Z (obs: uso de recursos mecânicos e de pouco recurso).

✓ Técnicas de recuperação de cabo (safa cabo).

✓ Descida vertical (padrão NR 35 Anexo I e ambiente natural).

✓ Técnica de resgate de transferência de sistema (saída da vítima pressa por trava quedas ou talabarte), consciente e inconsciente.

✓ Resgate simples (retirada rápida de pessoa encontrada em área de difícil acesso), com uso de rapel guiado.

3º e 4º dia (Falésias - Pindamonhangaba):

✓ Aplicação de primeiros socorros (SBV).

✓ Aplicação de conhecimento básico sobre escalada e montagem de via de escalada.

✓ Instrução de uso da Maca Sked/e prancha longa para resgate, montagem de Maca improvisada com corda e madeira, e Maca com uso de corda e bambu.

✓ Técnica de saída da segui para resgate.

✓ Rapel em corda tencionada para resgate.

✓ Resgate de vítima em rapel positivo com vítima inconsciente (transferência de sistema).

✓ Reunião de planejamento para aplicação de resgate (revisão de técnicas, avaliação de segurança e revisão dos recursos).

✓ Resgate de Escalador e Rapeleiro (rapel positivo para negativo).

✓ Extração da área e deslocamento a base de acesso para aguardo do resgate avançado (acionamento da emergência).

5º dia (Work Fire - Guarulhos):

✓ Revisão de matéria aplicada e divisão de equipes.

✓ Aplicação de resgate de trabalhador preso pelo trava-quedas (vítima inconsciente).

✓ Resgate de vítima no topo da torre, com transferência de nível de patamar (uso do cinto da vítima), preparação da vítima na prancha longa e na Sked, uso de sistema de redução para transferência em sistema de grua e conexão de segundo sistema auxiliar para descida ao solo.

✓ Prova teórica.

Observação Importaten: A avaliação prática se seguirá nas próprias atividades práticas desenvolvidas no curso e para a aprovação e certificação do curso, o participante deverá atingir o aproveitamento mínimo de 70% nas avaliações teóricas e práticas.